Qual a formação ideal de um gestor financeiro?

Até pouco tempo era difícil encontrar um gerente financeiro que fosse graduado em Finanças, afinal a graduação específica nessa área é relativamente nova no mercado. O mais comum é que os profissionais mais experientes ou com mais tempo de mercado tenham formação em Administração, Economia, Contabilidade e até Engenharia, o que pode ter gerado problemas no início de suas carreiras e a necessidade de se especializar.


Isso porque o assunto finanças empresariais é tratado apenas como uma matéria nestes cursos e não teve o aprofundamento técnico e específico necessário para o desempenho pleno da função.

 

Como se preparar para um cargo de gestão financeira


Se esse é o seu caso não precisa se preocupar. Uma alternativa para aprimorar os conhecimentos e disputar um cargo de gestor de finanças é especializar-se na área.


Para isso você vai precisar se aprofundar em tópicos relevantes de Finanças como:


# Análise de demonstrativos financeiros e de performance empresarial

# Gestão estratégica de custos e formação de preços

# Mercado financeiro e seus produtos

# Análise do cenário econômico

# Avaliação de Crédito

# Matemática financeira e cálculo financeiro das tesourarias

# Controladoria

# Análise de Capital de giro

# Custo e estrutura de capital

# Análise de Investimentos


Outros pontos mais avançados e que também podem fazer parte da rotina de um gerente financeiro são valuation (avaliação de empresas), finanças internacionais e derivativos. Estes são conhecimentos fundamentais para quem deseja gerir com eficiência o departamento financeiro de grandes organizações.


Visão estratégica: importante diferencial


A evolução da carreira de um profissional de finanças deve ser algo planejado. Para dar o passo certo e alcançar um lugar de destaque no mercado de trabalho é preciso ter em mente que a visão estratégica da empresa e do seu papel no todo é um importante diferencial.

 


Para se preparar para ocupar um cargo de liderança na área financeira você deve se estruturar de acordo com três pilares:


  1. Conhecimento técnico: conhecer todas as variáveis que compõem a área de finanças para decidir a melhor prática a ser aplicada na sua empresa. Esse conhecimento pode ser adquirido por meio de conhecimento das teorias de finanças aplicadas à situações reais obtidas em cursos especializados.


  1. Conhecimentos comportamentais: As grades mais modernas e atualizadas de cursos de pós-graduação em finanças incluem os temas de técnicas de negociação e apresentação, que são fundamentais para apoiar no desenvolvimento do gestor financeiro.


  1. Gestão estratégica: o olhar estratégico sob a empresa, mercado e concorrentes é uma prioridade na carreira financeira. Para ser um gerente financeiro é preciso deixar de lado a visão apenas operacional e entender o funcionamento e direcionamento estratégico da operação como um todo.

Invista no seu crescimento profissional e busque uma escola especializada em Finanças para prepará-lo no novo desafio.