MBA em Gestão: essencial para agregar a visão estratégica em RH

Um dos importantes paradigmas que deve ser quebrado por um líder é em relação ao papel da sua equipe. Liderar significa gerar resultados para a empresa por meio de iniciativas de outras pessoas e não diretamente do próprio esforço.

Por isso, um líder deve se preocupar constantemente em produzir insights para manter sua equipe motivada e engajada nos projetos e aplicar as técnicas certas para lidar com as pessoas.

Fazer isso por conta própria, sem ter conhecimentos específicos sobre processos de RH e gestão de pessoas, nem sempre é um caminho fácil.

Invista em um MBA em Gestão

Nesse ponto, o MBA em Gestão faz toda a diferença para agregar estratégia aos processos de RH e obter o resultado esperado. Ao fazer esse curso, o líder aprende:

Técnicas de comunicação para ter transparência no diálogo com os colaboradores e alcançar o objetivo esperado com o trabalho em grupo;

Capacidade de ouvir o outro e assim ter uma comunicação bilateral e produtiva;

Gerenciar conflitos para proporcionar um ambiente de trabalho positivo e agradável para todos;

Lidar com crises e aplicar as melhores soluções diante de cada caso.
Durante o curso, o profissional passa a ter conhecimento sobre técnicas valiosas para incrementar suas habilidades com a gestão de pessoas. Entre essas técnicas, estão:

Aprendizado da gestão horizontal para que toda a equipe possa contribuir nas tomadas de decisões e assuntos estratégicos;

Alinhamento dos incentivos com a estratégia da empresa e assim a possibilidade definir metas que tragam os resultados esperados.

Reconhecer os erros e saber lidar com os fracassos. Esse é um passo fundamental para um líder ter sucesso na sua carreira.

Capacidade de adotar a posição de protagonista no ambiente de trabalho e liderar por exemplo.

Para ter sucesso no processo de gestão de pessoas, o líder deve somar esse conhecimento a três pontos estratégicos valiosos:

Desenvolver habilidades de métodos quantitativos e analisar o desempenho das pessoas para gerar insight ao negócio.

Ter o entendimento sistêmico do negócio, como por meio do modelo do BSC (Balanced ScoreCard) que permite compreender os aspectos financeiros, operacionais e processuais.

Aplicar a inteligência financeira para mensurar os resultados de gestão da liderança.
Quer aprimorar suas técnicas de liderança? Saiba mais aqui.