Como escolher um MBA em Liderança e Gestão?

Ter conhecimento e visão estratégica do negócio como um todo é um importante diferencial para o profissional que busca ocupar cargos de liderança dentro de uma organização.

Isso porque, na maioria das vezes, o líder já possui profundo conhecimento técnico sobre a área de atuação, mas precisa aprimorar seu conhecimento estratégico empresarial.

É nessa hora que, normalmente, o profissional busca opções no mercado para a realização de um MBA em Liderança e Gestão.

Para suprir a real necessidade neste momento de escolha de curso é preciso ficar atento a alguns pontos. Veja:

1 – Busque referência sobre a instituição de ensino

No Brasil, o tema liderança está sempre relacionado a um conjunto de informações que vem de fora. Não há uma área dentro de uma universidade que trate somente de assuntos relacionados à liderança. Portanto, saber se a escola tem parceiros internacionais para co-realizar o processo de MBA é imprescindível para a carreira.

Por exemplo, uma instituição que tem um parceiro internacional na Alemanha, país que tem como foco a produtividade, gestão e desenvolvimento de equipes profissionalizadas, com certeza, trará um ganho crítico para o profissional que busca aprimorar a liderança e gestão dentro uma companhia.

O ideal é priorizar um MBA que traga a visão globalizada integrada com as características do Brasil, enriquecendo o conhecimento.

2 – Identifique se o MBA é generalista ou especialista

Avalie como serão as apresentações das aulas. A prioridade é apenas transferir o conteúdo para o aluno ou convidá-lo a vivenciar e praticar o conteúdo na prática?

O MBA deve permitir que o aluno associe o conteúdo ao seu dia a dia por meios de exercícios práticos e dinâmicas. Isso trará uma riqueza de conhecimento para o profissional em sala de aula tanto em assimilar o conteúdo quanto se relacionar.

3 – Avalie os pilares do MBA de Gestão e Liderança

Todo MBA deve ter pilares estratégicos que trabalham aspectos importantes da formação do executivo. Na Saint Paul Escola de Negócios, por exemplo, o MBA em Gestão e Liderança conta com pilares de comportamento, negócio e finanças.

O pilar de comportamento vai permitir que o aluno aprenda técnicas para gerenciar adequadamente relações profissionais com líderes, liderados e pares. No módulo de gestão de negócios, ele vai ser estimulado a entender a estratégia da empresa e compreender o impacto de cada BU interna no resultado do negócio. Temos vários exemplos de empresas que tem um negócio, mas na prática, seu resultado não é efeito do que parece vender.

Entender aspectos do negócio propiciam análises mais eficientes quanto ao objetivo e resultados esperados de determinada empresa dentro de um setor específico. Para isso, é importante avaliar os resultados financeiros do negócio. O drive financeiro é fundamental para fazer a gestão do negócio de forma assertiva, identificando na operação os drives necessários para atingir os objetivos estratégicos propostos pelos sócios/acionistas/conselho.

Portanto, se você busca aprimorar a visão e conhecimento estratégico busque um MBA de Liderança e Gestão que realmente agregue valor ao seu dia a dia profissional por meio dos itens apresentados acima.