5 dicas de organização de empresa para o planejamento estratégico

O planejamento estratégico é uma ferramenta essencial para as organizações. É por meio dele que se determinam os objetivos a serem alcançados e os caminhos que devem ser traçados para chegar lá. Mas, para isso, é preciso contar com a organização de empresa.

A integração entre as diferentes áreas (como marketing, RH e vendas) é fundamental para a gestão. Afinal de contas, as empresas trabalham como verdadeiras engrenagens e quando uma não está funcionando bem, todas as outras são impactadas.

Neste artigo, vamos tratar da contribuição das áreas para garantir o planejamento estratégico e dar dicas de como incentivar essa integração. Acompanhe!

Organização de empresa para melhorar a gestão

As organizações possuem estratégias que devem ser seguidas por todos os seus departamentos. Elas são maiores que os setores e ultrapassam essas fronteiras, devendo ser colocadas em prática diariamente pelos colaboradores de cada área.

É importante que os integrantes das equipes tenham uma visualização clara de como suas funções colaboram com a estratégia organizacional. Um vendedor, por exemplo, deve compreender que seu trabalho impacta diretamente a satisfação do cliente.

Ao mesmo tempo, sua função colabora para o marketing, que deve ir além da simples mensuração de resultados e conquista de relevância. Também deve ajudar o colega de vendas a fechar negócio.

Por sua vez, o RH precisa do apoio da gestão para reduzir o índice de turnover. Desse modo é possível recrutar e manter talentos e efetivar de maneira mais evidente a estratégia organizacional.

Esses exemplos deixam claro que as áreas estão interligadas. Não há espaço para rivalidades e competitividade interna, porque isso faz a empresa perder oportunidades e deixar de conquistar melhor resultados.

Alinhamento de objetivos e comprometimento

O planejamento estratégico é feito anualmente para a definição de objetivos e metas que precisam ser alcançados. É bastante comum que essa informação seja conhecida pelos gestores, mas não pelos colaboradores.

Quais são os prejuízos dessa situação? Os setores não sabem o que o empreendimento pretende obter e cada um deles age de modo independente em relação a contratações, gastos, demissões, processos etc.

Por outro lado, o incentivo à integração eleva o comprometimento. Todos sabem o que devem fazer e alcançar. A responsabilidade é maior e todos são cobrados de modo igual pelos resultados, porque se compreende que as ações estão diretamente relacionadas.

Os próprios departamentos cobram os resultados entre si e fiscalizam as atividades dos outros, o que apresenta diversos benefícios, como:

– Aumento da produtividade
– Otimização de processos
– Facilidade de comunicação
– Estímulo à colaboração
– Melhoria dos resultados

Dicas para estimular a integração entre os setores

A colaboração entre os diferentes departamentos pode ser incentivada. É preciso criar um ambiente propício e utilizar mecanismos mais humanos.

Veja o que você pode fazer a seguir:

1. Aposte na liderança

Os gestores devem se mostrar disponíveis para os colaboradores e estabelecer diálogo. Quando essa visão parte de cima, fica mais fácil as equipes compreenderem e colocarem a ideia em prática.

O recomendado é compreender toda a estratégia, deixando de agir como isolacionistas. Portanto, se a área de vendas não atingiu a meta, deve-se verificar falhas no marketing e, quem sabe, no estoque, já que a falta de um item pode ter impactado negativamente a conversão com os clientes.

2. Realize eventos

Os eventos corporativos são bons momentos para incentivar a integração entre os colaboradores e fazer com que todos se comuniquem. Uma ideia é fazer brincadeiras e colocar pessoas de diferentes departamentos no mesmo grupo para que todos passem a se conhecer melhor.

3. Tenha canais de comunicação abertos

Essa medida assegura que todos conheçam as mudanças nas diferentes áreas da empresa e tenham a possibilidade de interagir entre eles e também com os gestores.

4. Crie mecanismos de medição e controle

Os indicadores são a melhor forma de fazer sua empresa crescer. Afinal de contas, é a partir deles que se pode criar estratégias de crescimento e ajustar o que não está dando certo.

O cuidado que se deve ter é usar um mecanismo de controle que considere a estratégia geral, sem fazer o isolamento das áreas.

5.Dissemine a cultura organizacional

Os colaboradores devem conhecer a cultura da empresa em todos os seus aspectos. Isso inclui missão, visão e valores, que ajudam a atingir o planejamento estratégico e alinhar os processos aos objetivos da empresa.

Entendeu como a organização de empresa ajuda no alinhamento entre as áreas e no alcance do planejamento estratégico? Aproveite e conheça as 5 características de uma boa liderança estratégica na sua empresa.